MEDO ESPALHA-SE NA ALEMANHA: Refugiados Sírios entram em matança pela religião, Família grava o terror no seu prédio

Na noite de 2 de Outubro, por volta das 6:15 da manhã, membros de uma família alemã da zona este de Frisia, foram acordados por uma discussão enorme entre os vizinhos refugiados sírios que estavam alojados no seu prédio. A luta resultou numa matança, o rescaldo parece algo visto somente em filmes de terror. Dois andares estavam cobertos de sangue com salpicos de sangue nas paredes e poças de sangue no chão.

A porta desta família foi arrombada e as crianças estavam aterrorizadas e esconderam-se até que eles terem saído. Felizmente a família não foi ferida, mas como se pode ver no video houve quem não tivesse a mesma sorte.

A mãe gravou o incidente, o pai da família publicou no Facebook. Os refugiados já receberam dois avisos por assédio à filha deles de 12 anos, bem como as filhas de vizinhos (6 e 9 anos de idade).
Estes refugiados já haviam previamente tocado nas meninas de modo improprio.



O pai da família escreve no seu Facebook sobre o sucedido:

“Geralmente eu não me meto na maioria das discussões sobre refugiados, mas estamos a ficar sem paciência.

Então, desde o início: eu moro em uma pequena cidade no coração da Frísia Oriental. Era sempre silencioso por aqui, os imigrantes nesta zona eram relativamente poucos e os que estavam aqui eram calmos e amigáveis.

Alguns meses atrás, refugiados sírios mudaram-se para o prédio onde vivemos.

Eles foram generosamente recebidos e ninguém aqui em casa teve qualquer preconceito.

Então, cerca de 6 semanas atrás: O primeiro incidente ocorreu.(tendo em conta que este video foi gravado a 2 de Outubro)

Nossa filha (12 anos), bem como as duas filhas pequenas de nossos vizinhos (6 e 9) foram assediadas
s€xualmente por eles, empurrado-as contra a parede e beijou-a contra a sua vontade, bem como tocadas em partes improprias.

Obviamente, contactámos a polícia e apresentámos um relatório.
Depois que os refugiados foram convidados a prestarem declarações na esquadra e as coisas voltaram a acalmar novamente. Por um tempo.
Pouco depois do incidente minha filha chegou em casa de brincar, horrorizada e me disse que os refugiados fizeram gestos s€xuais explícitos para ela.
Eles sorriram para ela e passaram a língua entre dois dedos. Também relatamos esse incidente à polícia.
Depois que os refugiados receberam seu segundo aviso.

Ontem à noite eles revoltaram de novo, chutaram na minha porta e toda a escada estava cheia de sangue (veja o vídeo).
E nossa amada polícia é obviamente impotente.
As crianças no prédio estão sempre com medo, não se atrevem a sair de seus próprios apartamentos. É escandaloso que nada seja feito contra isso.

PS: O vídeo foi gravado por a minha esposa por volta de 6:15 com seu telemóvel.”

Pelo que entendemos quer a policia quer os meios de comunicação social tem abafado qualquer noticia que implique os refugiados sírios, mas estas situações tem de ser partilhadas e conhecidas por todos, não é uma situação única, infelizmente muitos refugiados precisam de ajuda, mas muitos destes jovens refugiados só estão a causar transtorno e a aumentar a criminalidade, destroem lugares, acabam com famílias, atacam as mulheres em nome da religião. É completamente inaceitável esta situação e aqueles que pensávamos que nos iriam proteger como os governos e a policia estão a encobrir estas situação não deixando que os jornais façam noticias sobre o caso.

Por isso temos de usar as redes sociais para transmitir esta mensagem que tem aterrorizado toda a Europa. Pois as leis na Alemanha em vez de punir estes crimes tem assimilado a religião deles e a sua cultura.